Salmo 61:2 – Leva-me para a Rocha que é mais alta do que eu

Ao nos criar, o Senhor Deus posicionou nossos olhos e nossa mente na parte mais alta do nosso corpo. Assim temos o ponto de vista mais privilegiado que nossa própria estatura consegue nos proporcionar. Porém, como desde cedo a gente percebe, essa altura nem sempre é suficiente e precisamos de ajuda externa. Queremos enxergar mais … Continue lendo Salmo 61:2 – Leva-me para a Rocha que é mais alta do que eu

Salmo 63 – como te vi no santuário

O salmista queria ver novamente a fortaleza e a glória do Senhor que tinha visto no santuário. No santuário, tudo aponta para as riquezas maravilhosas do amor e do poder de Deus, que excede a razão e não depende da lógica humana. Ali Deus se revelara a Davi e até hoje se revela aos que … Continue lendo Salmo 63 – como te vi no santuário

Verbos – final

Concluindo os textos anteriores, analisando os dois versos iniciais do Salmo 116, vamos falar do tempo verbal denominado Futuro • "o invocarei enquanto eu viver" Acho bom iniciarmos o ano pensando nessa "resolução para o futuro" feita pelo rei-poeta-profeta: diante de um futuro tão incerto, cheio de possibilidades, a uma coisa ele se propõe - … Continue lendo Verbos – final

Verbos II

Ainda sobre os tempos verbais existentes nos dois primeiros versos do salmo 116, temos agora o tempo chamado Presente • "Amo ao Senhor" O único verbo dos dois versículos que se encontra no presente é exatamente o que abre o texto: AMO - havendo ignorado, humildemente, o que fez no passado (ainda que seja algo … Continue lendo Verbos II