Convém que Ele cresça e eu diminua

Quando Davi, no seu salmo mais conhecido, diz que seu cálice transbordava depois que sua cabeça era ungida com óleo, minha mente associou a pequena taça com o coração, que biblicamente é considerado o ponto chave do ser humano.

Davi, um servo de Deus maduro, certamente passou por momentos iniciais em seu relacionamento com Deus em que seu coração era um grande vaso, havia ali um grande vazio e tudo que o Senhor lançava ali, ficava só para ele. Mas assim como aconteceu com João Batista – cuja máxima dá nome a esta postagem – Davi foi se diminuindo, mesmo quando Deus o engrandecia, fazendo dele o rei de Israel.

Talvez esteja aí mesmo o segredo do crescimento de Davi: Já rei dizia que era pobre e necessitado e que dependia do cuidado de Deus.

Ao se fazer pequeno, o servo de Deus é rapidamente cheio e até mesmo as pequenas doses do cuidado e do amor de Deus enchem logo o seu coração. Daí pra transbordar aos amigos, familiares, colegas e leitores é um instante…

…porque a boca fala do que está cheio o coração.

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus

…para que a seu tempo vos exalte”. Assim diz o apóstolo Pedro em sua segunda carta.

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus

É desse texto que me lembro quando leio a história da ida do profeta Jeremias à olaria, por ordem do Senhor. Desce – disse Deus – à casa do oleiro e lá te farei ouvir as minhas palavras.

Um belo vaso é um objeto de destaque. Quanto mais esmerado em sua fabricação, mais valioso se torna e alguns chegam a valer muito. São chamados por Paulo de vasos de honra.

O processo pelo qual a matéria prima passa para sair da condição de barro até chegar a vaso é longo e difícil. Mas dá lugar e evidência à habilidade do oleiro. Ao final ele, o oleiro, é reconhecido e elogiado.

Deus é o oleiro por excelência e nós, o barro em suas mãos. O endurecimento do barro (que representa nossa resistência natural à ação de Seu Espírito Santo) só dificulta Sua Obra em nós. Talvez faça com que Ele tenha que colocar mais pressão em Suas mãos para nos modelar.

Mas a Bíblia nos assegura que, humilhando-nos, estaremos apressando o tempo em que Ele nos exaltará. Portanto, se você está sendo moldado pelo Oleiro e quer que esse dolorido processo acabe logo, trate de se aquietar enquanto Ele trabalha.