A cura da sogra de Pedro

Esta é uma história bem conhecida, fala da sogra do apóstolo Pedro que, em uma das ocasiões em que Jesus vai até à sua casa, encontrava-se ali com muita febre, conforme descreve o evangelista Marcos no seu registro (Mc. 1:30).

É muito interessante pensar sobre o que é a febre. Ela é o resultado de um processo interior do organismo, o indício de que o corpo está lutando contra uma situação anormal, que pode trazer danos à saúde como um todo e que precisa ser sanada. Quando estamos com febre, acontece uma verdadeira luta interna, que prejudica todo nosso labor externo. É como se nosso corpo apontasse todas as suas forças para dentro de si mesmo e acabassem faltando energias para todas as demais atividades.

Em certas ocasiões, também é assim com a nossa vida espiritual: nos voltamos para dentro de nós para tentar encontrar soluções de problemas que nos afligem internamente. Isso, porém, prejudica todas as demais atividades do nosso servir. Enquanto lutamos internamente, quando essa luta chega a um determinado grau de intensidade, até mesmo nosso serviço que prestamos ao Senhor pode sofrer prejuízo e isso chama a atenção do Senhor Jesus para o nosso estado.

Há um ponto interessante aqui: diz a Bíblia que “rogaram por ela ao Senhor”. Talvez nem mesmo forças para pedir auxílio ao Senhor Jesus aquela mulher tivesse, à essa altura. Mas ela foi beneficiada por aqueles que a amavam e se importavam com ela. Assim também acontece conosco, quando os irmãos, a Igreja, oram por nós, quando levam nossa luta ao conhecimento do Senhor em orações e súplicas. Jesus atentou de maneira especial para ela naquela ocasião e cuidou daquilo que a levava àquele estado. Jesus curou aquela mulher atendendo à intercessão dos demais.

Quantas orações dos servos de Deus direcionaram a atenção do Senhor Jesus para várias necessidades de outras pessoas! Pode ser que você, leitor, esteja hoje numa luta interior e a nossa súplica ao Senhor Jesus é pela sua vida, para que tenha sua saúde – física e espiritual – restaurada e possa voltar a servir, com alegria, na casa do Senhor.

Outro detalhe interessante é que, segundo Marcos, uma vez repreendida a febre, o próprio Senhor a tomou pelas mãos e a pôs de pé. Se você, em meio a lutas e aflições não encontra forças para estar de pé, o Senhor Jesus pode tomá-lo pelas mãos, trazer a cura que necessita e erguê-lo na presença d’Ele.

Logo abaixo do registro em questão, ainda no mesmo capítulo do Evangelho de Marcos, lemos que depois de curar ali na casa de Pedro, o Senhor operou, na vida de muitos que chegaram ali, grandes maravilhas, curas e sinais. Assim, antes de acontecerem essas muitas maravilhas, foi necessário primeiro sarar a casa do apóstolo. Quem sabe se o que o Senhor Jesus estará operando em sua vida é uma etapa que antecederá muitas maravilhas que Deus deseja realizar na vida dos que se chegarem à sua casa, a partir de hoje? Que assim seja!