Jonas – capítulo 3 – O maior evangelista

(Se quiser começar pelo capítulo 1, clique aqui)

Depois de Jonas – o desobediente do capítulo primeiro – passar pelo processo que o quebrantou, nas entranhas do peixe – como vimos no capítulo 2 – ele estava agora pronto para ser um instrumento nas mãos do Senhor. Ao final do livro temos a informação de que a grande cidade de Nínive tinha mais de 120 mil habitantes. Esse foi o impressionante número de pessoas alcançadas pela pregação desse profeta menor – sim, seu livro está entre os 12 livros dos chamados  “profetas menores”, livros de conteúdo literário menor do que o dos cinco livros dos chamados “profetas maiores”.

Esse número de pessoas atingidas pela sua pregação fica ainda mais impressionante quando consideramos que, durante seu ministério, não há registro de nenhum milagre, nenhum sinal sobrenatural que causasse espanto em seus ouvintes ou confirmasse o teor divino de sua mensagem. Os milagres do livro – a preservação de sua vida no interior do peixe e o nascimento e morte repentina da aboboreira – não foram presenciados por mais ninguém além dele mesmo.

Outro fator importante é que Jonas não tinha qualquer “apoio logístico”, digamos assim: Não tinha um meio de transporte, percorreu a pé a grande cidade de Nínive (estudiosos acreditam que ela tinha cerca de 100 km de circunferência!!!). Não tinha ajudantes, nem carro de som ou equipe de louvor…

“Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida!”

Veja só que palavra dura! Talvez Jonas nem soubesse falar fluentemente a língua dos ninivitas, quem sabe só decorou essa frase? Não havia promessas de prosperidade ou de cura divina, apenas o solene aviso do castigo do Todo-Poderoso.

Qual seria, então, o segredo do sucesso do trabalho evangelístico de Jonas? Obediência. A Obra nunca havia sido de Jonas, a Obra era – e é! – do Senhor. Se eu e você crermos nisso, queridos irmãos, se obedecermos às orientações do Senhor fielmente, o Senhor também há de fazer prosperar maravilhosamente o trabalho de nossas mãos.

Cento e vinte mil homens. Já parou para imaginar o encontro celestial entre o apóstolo Pedro, levando consigo a abundante colheita de mais de oito mil almas ganhas pela sua pregação, e o profeta Jonas, com seus molhos quinze vezes mais numerosos? Como diriam os adolescentes hoje: “Aí, humilhou, hein Jonas?”

Por que a cidade em que eu moro, menor do que Nínive, ainda não se voltou para o Senhor, se eu tenho muito melhores recursos do que Jonas? Será que a minha desobediência natural ainda não foi totalmente vencida? Jonas anunciou aos ninivitas que eles estavam vivendo o seu próprio tempo do breve. É muito diferente dos nossos dias? O problema hoje está nos mensageiros ou nas mensagens? Pense nisso.

As palavras de um grande ganhador de almas de Dublim, na Irlanda, Henrique Varley, marcaram profunda e definitivamente o coração de D. L. Moody: O mundo ainda não viu o que Deus fará com, para e pelo homem inteiramente a Ele entregue. Calcula-se que Moody foi usado por Deus para a salvação de mais de 500 mil almas, no século XIX.

No próximo post, o último desta série, veremos que, apesar de não errar mais por desobediência, Jonas ainda tinha uma importante lição para aprender. E para nos ensinar também. Não perca. Até lá.

12 comentários sobre “Jonas – capítulo 3 – O maior evangelista

  1. Q bençao, nosso irmão Jonas nos ensina muito. A pregação dele ainda quarenta dias e Nínive ser a destruída. O 40 me lembrou do povo no deserto, Jesus sendo tentado. podemos falar de prova, né?
    Deus mandou Jonas ali, e o profeta sabia q a misericórdia do Senhor ao fim falaria mais alto. Isso nos mostra que a prova quando vem e tememos ao Senhor ela nos leva a alcançarmos o favor Dele. Hoje o Espirito Santo nos convence e o juízo se torna escape quando Jesus Cresce em nossa vida, foi o ato de humilhação dos ninivitas, uma geração que foi bem aventurada no SENHOR. Assim somos bem aventurados, quando ouvimos a voz da pompa (Espirito Santo) proclamando a Verdade q só pode vir de Deus e a fé na justiça da Cruz é despertada em nosso coração. Assim somos de novo gerados, de sementes incorruptível agora como filhos de Deus, uma geração que será aquela que ver a cumprida todas as profecias do Senhor!!

    Curtir

    • É verdade, Vagner, o amor de Deus se manifesta de muitas e maravilhosas maneiras! Glórias a Ele, por toda a Eternidade! Obrigado pela visita e pelo comentário, volte sempre, é muito bem-vindo!

      Curtir

  2. Jonas não é o único na Bíblia marcado pela ausência de milagres e sem uma mensagem de prosperidade. A título de exemplo, João Batista. Ambos, cada um dentro da sua missão, cumpriram a vontade do Senhor. No caso de Jonas, pelo menos, neste capítulo…

    Curtir

    • Verdade, aliás, esse é o padrão do Evangelho Eterno, que aponta para a vida eterna. Ainda hoje Deus opera sinais e maravilhas. Mas até quando não o faz, é poderoso para quebrantar o coração do homem, para seu próprio bem. Obrigado pela visita e pelo comentário, amigo.

      Curtir

    • É verdade. Ainda hoje Deus opera sinais e maravilhas, mas mesmo quando não o faz, mostra o poder que tem quebrantando o coração do homem para sua própria salvação. Obrigado pela visita e pelo comentário, amigo!

      Curtir

  3. Maravilhoso ensino da Parte do Senhor Jesus ..na vdd temos tudo que precisamos hoje para realizar esta grande Obra e levar a Palavra de Deus a muitos necessitados. E não precisamos ir talvez tão longe como nosso irmão Jonas. Há muitos ao nosso redor Familiares, amigos, mas precisamos sempre ser obedientes a revelação do Senhor Jesus. ..Pastor Josué, que o Senhor faça de você um instrumento nas mãos de Deus com estas postagem para nos ensinar a cada dia mais sobre a Palavra de Deus mt obrigado …Deus abençoe sempre na sabedoria do nosso Senhor Jesus.

    Curtir

  4. Mt bom. aproveitando que o texto aponta ainda para mais uma lição, fico pensando, ainda que agira obedecendo a voz e direcao do Senhor, jonas nao esperava arrependimento dos ouvintes, tao pouco a misericordia de Deus. Realmente ele ainda Era o que Deus queria, apesar de ja nao ser desobediente como antes. Entendo entao que abedecer nao é o bastante, como obedecer é o que realmente importa.

    Curtir

  5. bom. aproveitando que o texto aponta ainda para mais uma lição, fico pensando, ainda que obedecendo a voz e direcao do Senhor, jonas nao esperava arrependimento dos ouvintes, tao pouco a misericordia de Deus. Realmente ele ainda nao Era o que Deus queria, apesar de ja nao ser desobediente como antes. Entendo entao que abedecer nao é o bastante, como obedecer é o que realmente importa.

    Curtir

E você, o que poderia acrescentar sobre este assunto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s