Porção dobrada do espírito

double-portionEsse foi o pedido que Eliseu fez a Elias, quando caminhavam juntos e Deus estava para encerrar o ministério de um e iniciar o ministério do outro. Os poucos anos em que caminharam juntos foram suficientes para que o jovem profeta visse no ancião sua principal referência.

Claro que Eliseu tinha outras referências disponíveis, como Noé, Abraão, Jacó, Davi e tantos outros. Mas a convivência com Elias tinha marcado bastante o rapaz para que ele não titubeasse quando a pergunta lhe foi feita: “Que queres que te faça?”

É da natureza humana se balizar, se orientar pelo comportamento das pessoas próximas de nós, desde a mais tenra infância. Por certo a fidelidade de Elias, seu zelo para com as coisas do Senhor, sua disposição em obedecer e aprender com o Senhor, deixaram uma forte impressão no rapaz.

Mas observe que para Eliseu não bastava ser como Elias – o que já seria notável. Ele quis mais, quis o dobro. Que o Senhor levante homens e mulheres como Eliseu, dispostos a fazer mais do que seus pares, a buscar a excelência de Deus.

Quero terminar aqui salientando que isso hoje parece cada vez mais raro. Vivemos num tempo em que muitos querem ter o dobro dos direitos e a metade do compromisso. Talvez por razão semelhante o Senhor tenha orientado a Elias que deveria levantar em seu lugar um rancheiro que estava trabalhando arduamente e não um dos muitos alunos da escola de profetas…