Não to mandei eu?

Acredite na sinalizaçãoEu trabalho em rodovias federais, como sabem os que me conhecem pessoalmente. Dia desses a placa da foto ao lado me chamou a atenção. Ela recomenda que ponhamos crédito nas informações dadas pelas demais placas. É como se assegurasse que a sinalização instalada pelo órgão que projetou, construiu e mantém a estrada é de inteira confiança.

As placas de trânsito nas rodovias tem como função nos prevenir das possíveis situações que estão adiante de nós, à medida que avançamos na jornada, bem como de nos orientar e nos situar. Foram colocadas ali por quem conhece amiúde cada trecho da estrada, tanto o ponto onde estamos até onde nós pretendemos chegar.

A desobediência à sinalização muitas vezes nos custa caro, em multas e medidas administrativas tomadas pelos agentes de fiscalização do trânsito.

O texto mencionado no título é um trecho de Josué 1:9, em que Deus fala a um homem que já caminhava por muitos anos vendo a sinalização de Deus, desde o Egito. É como se o Senhor dissesse a ele e ao povo: ACREDITE NA SINALIZAÇÃO.

Quantos sinais o Senhor já lhe deu nessa caminhada? Você se lembra de todos? Pelo menos de alguns? Pense neles, confie nos rumos que Aquele que criou a estrada – que é Seu próprio Filho Jesus – traçou para sua vida. Acredite na Sua Palavra.

No meu trabalho, todos os dias sou abordado por pessoas que não viram ou não entenderam a sinalização e elas já se se definem assim: “Estou perdido aqui, seu guarda…”. Não confie apenas em sua sinceridade. Já vi muitos – muitos mesmo – viajantes sinceros indo em direção a São Paulo, enquanto acreditavam sinceramente que estavam rumando para Salvador, que fica na outra ponta da BR 116. Eles não sabiam mas estavam perdidos. Atente para a sinalização de Deus. Se não ficou clara pra você, peça ajuda a pessoas sérias e de confiança na fé.

E boa viagem.