Olhe à sua volta

No Salmo 139, Davi escreveu sua impressão a respeito do cuidado de Deus para com ele. Disse assim: “Tu me cercaste em volta e sobre mim puseste a Tua mão” (vs. 5).
Parecia ao salmista que, em todas as coisas ao seu redor, podia se ver a operação cuidadosa de Deus a seu favor. Ele que era pastor e, no Salmo 23 se viu como uma ovelha, não teve dificuldades em se imaginar dentro do seguro aprisco do Bom Pastor, onde cada tábua fincada no chão estava ali estabelecida pela mão de seu amoroso Dono.

E nós, ao findar deste ano e iniciar um novo, pudemos ver em tudo à nossa volta a mão do Senhor? No trabalho – ali esteve a mão de Deus sobre você. No seu lar também, decerto. E por todo lado que nos voltamos podemos reconhecer o Senhor. Segundo o livro de Provérbios, reconhecer o Senhor nos nossos caminhos endireita as nossas veredas.

Quando alguém cerca algo, seja um rebanho, seja um terreno, quer deixar claro que tem interesse e planos a respeito daquilo. Deus tem planos a seu respeito, caro irmão e irmã.

Mas é quando olha para cima que Davi tem a visão mais notável de todas: Ele vê a própria mão do Senhor.

Ao olhar em volta veremos o que a mão de Deus fez, mas ao olhar para cima o homem tem uma experiência com a mão do Senhor e pode dizer, como Tomé ao tocar ali: Senhor meu e Deus meu!