Ninguém cuidou

Quando Davi escreve o Salmo 142, faz uma afirmação curiosa: Ninguém cuidou da minha alma (verso 4). Logo ele, o rei de Israel, que tinha servos encarregados dos menores detalhes do seu palácio, criadas e mordomos para providenciar todo o conforto a que sua majestade tinha direito. Talvez à sua direita tenha visto seus capitães … Continue lendo Ninguém cuidou